“Otamendi é um jogador importante que irá acrescentar qualidade ao plantel. Desde  a partida do Bruno Alves estava à procura de um jogador como ele [Otamendi] porque seria uma mais-valia para o Porto. É um jogador com grande poder de antecipação e construção de jogo. Adequa-se perfeitamente no perfil que traçamos para esta equipa. Agora, a sua adaptação ao futebol do FC Porto irá depender da assimilação de processo”, explicou André Villas-Boas.

Otamendi foi o último reforço do FC Porto e custou 4 milhões de euros aos cofres dos azuis e brancos por 50 por cento do passe do internacional argentino.

E por falar em último reforço, André Villas-Boas lembrou que o mercado ainda não está fechado e até 31 de Agosto tudo pode acontecer. O técnico de 32 anos contou ainda que, no tempo que colaborava lado a lado com Mourinho no Inter de Milão de Itália, o último dia de transferências era o mais agitado.

Villas-Boas voltou a ser questionado sobre a ausência de Raul Meireles na lista de convocados (o médio volta a não figurar na lista para o jogo da segunda mão do Play-off de acesso à Liga Europa contra o Genk), ao que o técnico justificou apenas como opções técnicas.

“Os jogadores sabem o que é necessário para entrar na lista, têm de render mais, é universal em qualquer equipa. Quero que todos estejam ao máximo nível. Quando tivermos o Raul homem e jogador, como um todo, contaremos com ele”, atirou.

FC Porto e Genk disputam esta quinta-feira, no Estádio do Dragão, a segunda mão do Play-off de acesso à Liga Europa, e os Dragões iniciam a partida com uma vantagem de 3-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.