Depois da saída de Leonardo Jardim, a formação monegasca anunciou a chegada de Thierry Henry como novo treinador do Mónaco. A antiga estrela do Arsenal assinou por três temporadas, de acordo com um comunicado do Mónaco.

Já João Tralhão, que era até agora treinador dos sub-23 do Benfica, foi um dos escolhidos para adjunto de Henry, tal como Patrick Kwame Ampadu, que deixa a Academia do Arsenal para se juntar ao francês no Mónaco. A relação de João Tralhão com o ex-internacional francês começou nas formações da UEFA para os níveis de treinador realizadas no País de Gales.

Tralhão deixa assim aquela que foi a sua "casa" nos últimos 18 anos. O técnico utilizou as redes sociais para se despedir do Benfica e para relembrar os momentos pelos quais passou ao longo de quase duas décadas ao serviço dos 'encarnados'.

"Em 2001, quando comecei a dar os primeiros passos como treinador no SLB sempre me guiei pelo princípio de me dedicar com toda a força, para estar diariamente à altura do desafio. Ao longo desdes 18 anos, muitos foram os sentimentos de alegria e satisfação mas também alguns menos bons. Em qualquer destes momentos, procurei sempre manter uma atitude otimista, objetiva e sobretudo de superação constante. Nesta fase da minha carreira, parto com o sentimento de felicidade total por ter entregue tudo de mim a esta casa que sempre será aquela que me fez crescer! Segue-se um desafio incrícel e entrarei da mesma forma e com os mesmos princípios que me orientaram, e que TODOS vocês me ajudaram a torná-los mais sólidos. Muito obrigado a TODOS família BENFICA!!", escreveu Tralhão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.