"Este retorno (a França) fez-me bem. Eu vim para o Lyon para progredir e por agora tudo está tudo a correr bem. Eu adapto-me melhor a cada dia que passa. Começo a sentir-me verdadeiramente bem em campo", revelou Cissokho ao jornal francês L'Equipe

Para o francês, esta boa adaptação deve-se em grande parte ao ambiente que se vive no clube francês: "Tudo isto não seria possível sem o acolhimento que me foi dado. Francamente, o ambiente no seio do grupo é extraordinário. Sem dúvida que é por isso que os resultados têm aparecido".

Quando questionado sobre o facto de ter de optar entre a selecção francesa ou senegalesa, Cissokho afirma que ainda não escolheu: "Por agora ainda não escolhi. Eu não tive qualquer contacto com a Federação francesa e não recebi qualquer pré-convocatória. Eu prefiro agora preocupar-me com o meu clube. Depois, vamos ver".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.