O Bordéus, cuja equipa de futebol é treinada pelo português Paulo Sousa, doou 15 mil euros ao hospital local, para ajudar na luta contra a pandemia de covid-19, e iniciou uma angariação de fundos com o mesmo objetivo.

Em comunicado, o clube da liga francesa explicou que o hospital universitário da cidade, com o qual colabora há anos, alertou para a escassez de material médio, sobretudo ventiladores, e que, por isso, foi decidido fazer uma doação e lançar uma recolha de fundos através da internet.

Nos últimos dias, Lyon, Troyes e Paris Saint-Germain tiveram intervenções semelhantes, todas com o objetivo de angariar dinheiro para ser doado aos hospitais locais.

De acordo com os últimos dados, a França tem 40.174 pessoas infetadas e 2.606 morreram.

O campeonato francês foi interrompido após a 28.ª jornada e o Bordéus seguia no 12.º posto, com 37 pontos, na segunda temporada de Paulo Sousa à frente da equipa.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 727 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 35 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 142.300 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril, registaram-se 140 mortes e 6.408 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.