O jornal 'Le Parisien' revelou esta segunda-feira alguns detalhes dos contratos de Lionel Messi e Neymar com o Paris Saint-Germain, depois de ter também publicado o gigantesco contrato de Kylian Mbappé, cujos valores apresentados já foram negados pelo clube parisiese.

De acordo com aquela publicação, Messi recebe 41 milhões de euros líquidos por ano, menos 20 milhões do que auferia no Barcelona quando rumou a Paris em 2021. O contrato do argentino chega ao fim no final da presente temporada, mas há uma opção para o estender por mais uma época. Messi já disse que só tomará uma decisão após o Mundial do Qatar.

O 'Le Parisien' revela ainda que parte do vencimento de Messi - que por não ser residente em França há mais de cinco anos, beneficia de um regime especial no qual desconta apenas 30 por cento do vencimento - é pago pelo PSG em criptomoedas.

Quanto a Neymar, tem contrato com o PSG até 2027 e recebe qualquer coisa como 36 milhões de euros, já depois de descontados os 49 por cento de impostos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.