Com o empate no Velodrome, no jogo grande da ronda, o campeão em título foi alcançado no comando, com 10 pontos, pelo Paris-Saint Germain, que bateu o Lille (3-0), e pelo Lyon, que na véspera recebeu e venceu o Nancy (3-1).

Apesar de algumas oportunidades do Bordéus, foi o Marselha quem esteve mais perto da vitória, com um tiro de Brandão na barra e outro de Benoit Cheyrou ao poste, mas o primeiro embate entre o anfitrião Didier Deschamps e o visitante Laurent Blanc, como treinadores, acabou por beneficiar PSG e Lyon.

Na capital, o PSG somou o terceiro triunfo consecutivo, com golos de Clément (27), Luyindula (78) e Jallet (90+1), e ainda lamenta o empate consentido nos últimos instantes da primeira jornada e que agora o impede de estar isolado na liderança.

No sábado, o Lyon esteve provisoriamente no comando, graças à vitória sobre o Nancy, na qual o argentino Lisandro Lopez (ex-FC Porto) participou activamente, apontando o segundo golo, depois de Gomis inaugurar o marcador e antes de Bastos fechar a contagem.

Hoje, o Toulouse, sem o português Paulo Machado, foi derrotado em casa pelo Valenciennes, por 1-0, ocupando a 13.ª posição, com quatro pontos, os mesmos do Le Mans (14,º), treinado pelo português Paulo Duarte, que perdeu sábado no terreno do Lorient, por 1-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.