O Marselha venceu hoje em casa o Bordéus por 3-1, na sétima jornada da Liga francesa de futebol, no dia do 43.º aniversário do treinador, o português André Villas-Boas, antes da estreia na Liga dos Campeões.

O adversário do FC Porto no Grupo C da ‘Champions’, que se estreia em casa do Olympiacos, não teve dificuldades em bater os ‘girondins’, com golos de Thauvin, aos cinco minutos, Amavi, aos 54, e um autogolo de Pablo, aos 64.

O jogo correu de feição à equipa do técnico luso, que pôs fim a uma série de quatro jogos sem vencer, e o grande golo de Thauvin, num remate com efeito de fora da área, lançou-os para uma vitória tranquila, ainda que o médio ofensivo tenha falhado uma grande penalidade nove minutos depois.

No segundo tempo, redimiu-se ao assistir, na marcação de um livre, a cabeçada certeira de Amavi, antes de o brasileiro Pablo desviar um remate para dentro da própria baliza.

O Bordéus ainda reduziu, aos 83 minutos, pelo inglês Josh Maja, mas a vitória sorriu aos marselheses, que somam agora 12 pontos no quinto lugar, ocupado à condição, a três do líder e campeão em título Paris Saint-Germain. O Bordéus soma nove e é 10.º.

Antes, o Reims somou nova derrota e segue sem ganhar, ao acabar reduzido a nove unidades na receção ao Lorient (3-1), embora o guineense Moreto Cassamá, ex-FC Porto, os tenha adiantado, aos 15 minutos.

No segundo tempo, Hamel, aos 61, e Wissa, de penálti, aos 65, ‘viraram’ o resultado, com Cassamá a ser expulso aos 70, 10 minutos antes do golo de Moffi, que estabeleceu o ‘placard’ final, antes de Donis também ver o cartão vermelho.

A ronda começou com a vitória folgada do ‘PSG’ em casa do Nimes (4-0) e prossegue domingo com um embate pela liderança da prova: em caso de vitória, Lille ou Lens, que se defrontam, podem ultrapassar os parisienses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.