O Metz, da Liga francesa de futebol, anunciou hoje que vai interditar o topo do seu estádio de onde foi lançado o petardo que causou a “perda de audição temporária” ao guarda-redes internacional português do Lyon, Anthony Lopes.

"Os incidentes que tiveram lugar no sábado, no estádio Saint-Symphorien, durante o encontro com o Lyon, são inadmissíveis e demonstram que a linha vermelha foi atravessada. Isto não é futebol. É por isso que quis tomar medidas para evitar que incidentes como estes voltem a ocorrer”, justificou o presidente Bernard Serin, citado em comunicado.

Na nota, a equipa francesa informou ainda que a interdição do topo será mantida até próxima indicação.

O guarda-redes internacional português Anthony Lopes sofreu "perda de audição temporária" depois de ter sido atingido por um petardo na deslocação do Lyon ao terreno do Metz, no sábado, em jogo da Liga francesa.

“Os tímpanos de Anthony Lopes não sofreram lesões (...), mas os médicos diagnosticaram perda de audição temporária nos dois ouvidos”, indicou no domingo o clube de Lyon, em comunicado, acrescentando ter sido prescrita ao jogador português uma “incapacidade temporária de trabalho”.

O Lyon explicou ainda que Anthony Lopes seria submetido a um tratamento de “várias semanas”, mas o jogador luso já atuou na na quarta-feira, frente ao Sevilha, na Liga dos Campeões.

O incidente aconteceu aos 31 minutos de jogo, logo depois de o Metz ter chegado à vantagem, com o golo de Gauthier Hein (29 minutos).

Anthony Lopes foi afetado por um dos petardos, que caiu mesmo ao seu lado, e foi assistido no local pelos médicos da sua equipa. Depois do incidente, o árbitro Lionel Jaffredo decidiu interromper o encontro, que, ao não ser retomado em 45 minutos, ficou automaticamente suspenso.

A comissão de disciplina da Liga francesa vai reunir hoje à noite para analisar o incidente, mas não deve anunciar a sua decisão antes de um prazo de três semanas. O Metz arrisca-se mesmo a perder este jogo 'na secretaria'.

Um jovem de 23 anos foi detido na quarta-feira. De acordo com a procuradoria de Metz, o homem reconheceu ter atirado um dos petardos durante o jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.