No Toulouse, Paulo Machado foi titular e frente à antiga equipa, o St. Étienne, e na marcação de um livvre directo inaugurou o marcador logo aos 10 minutos, contribuindo de modo decisivo para a vitória por 3-1 da sua equipa. Gignac, que esta semana renovvou com os viola também fez o goto ao pé.

Sorte diferente teve Pauo Duarte, que não conseguiu fugir à derrota frente ao PSG, no Parque do Príncipes. O técnico português até viu os seus jogadores inaugurarem o marcador, mas os parisienses deram a volta ao marcador e acabou por ganhar por 3-1.

"O jogo até começou bem, mas depois sofremos golos quando podíamos ter parado as jogadas no meio-campo. Agora é que o nosso campeonato começa", disse Paulo Duarte.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.