O futebolista Thiago Motta, de 35 anos, vai terminar a sua carreira e orientar a equipa dos sub-19 dos franceses do Paris Saint-Germain, clube no qual atuou nas últimas sete épocas, anunciaram hoje os parisienses em comunicado.

“O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que o Thiago Motta vai assumir o papel de treinador da equipa de sub-19. O clube deseja ao Thiago o maior sucesso na sua carreira de treinador”, lê-se no comunicado.

O italiano, de origem brasileira, que terá Regis Beunardeau, Simon Colinet e Benjamin Leborgne na equipa técnica, vai orientar o clube no campeonato nacional francês da categoria, bem como na próxima edição da UEFA Youth League, que começará em setembro.

O novo treinador dos sub-19 dos parisienses vai realizar a sua primeira sessão de treinos hoje às 16:00, à porta fechada, no Centro de Formação do clube.

Thiago Motta inicicou a carreira de futebolista nos espanhóis do Barcelona, tendo passado pelo Atlético de Madrid, e pelos italianos do Génova e Inter de Milão antes de rumar ao clube de Paris.

Pela ‘squadra azzurra’, o antigo jogador apontou um golo em 33 jogos.

Como jogador, Motta conquistou, entre outros troféus, cinco campeonatos franceses, dois espanhóis e um italiano e um Campeonato do Mundo de clubes e duas Ligas dos Campeões, uma das quais sob a orientação do português José Mourinho, nos ‘nerazzurri’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.