Vadim Vasilyev, vice-presidente do Monaco, negou que alguns jogadores mais cobiçados do plantel, casos de Bernardo Silva e Kylian Mbappé, tivessem pedido para sair do clube no verão.

Recorde-se que a boa campanha dos jogadores monegascos, quer no campeonato, quer na Liga dos Campeões, despertou o interesse de alguns colossos do futebol europeu, como Barcelona, Real Madrid, Manchester United e Manchester City.

"Até ao momento, nenhum jogador me disse que queria sair. Com o Mundial'2018 a aproximar-se, o Thomas Lemar, Kylian Mbappé e o Bernardo Silva não devem sair”, começou por dizer Vasilyev ao programa televisivo francês ‘Téléfoot’.

O dirigente frisa mesmo que a intenção do clube passa por manter estes jogadores. “Vamos fazer tudo para os manter. Uma coisa é certa: na próxima época, o Monaco vai ter uma equipa muito competitiva", assegurou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.