A África do Sul despediu-se hoje do seu público com uma “amarga” vitória por 2-1 sobre a vicecampeã em título França, que também saiu sem glória na primeira fase do Mundial de futebol de 2010.

A vencer por 2-0 a oito minutos do intervalo, e frente a uma França de “retalhos”, os sul-africanos ainda sonharam com o apuramento (a dois golos de distância), mas, na segunda, parte, mesmo frente a 10, não marcaram e ainda sofreram.

No outro jogo, o Uruguai ainda ajudou, ao vencer o México por 1-0, com um golo de Luis Suarez, mas, no final, os sul-africanos, que somaram os mesmos quatro pontos dos mexicanos, caíram por culpa da diferença de golos (3-5 contra 3-2).

Num jogo em que foi evidente a falta de motivação dos vice-campeões mundiais, em clima de “Saltillo”, a África do Sul chegou com naturalidade à vantagem, aos 20 minutos, quando Bongani Khumalo aproveitou da melhor forma uma saída em falso do guarda-redes Hugo Lloris, após um canto marcado na direita por Siphiwe Tshabalala.

As dificuldades para os franceses agravaram-se cinco minutos depois, com a expulsão de Yoann Gourcuff, depois do árbitro colombiano Óscar Ruiz entender que o médio agrediu com uma cotovelada Macbeth Sibaya, numa disputa de bola.

Aos 43 minutos, a França viria a sofrer mais um golo após novo erro, agora de Abou Diaby, que aliviou uma bola para os pés de Tsepo Masilela, que aproveitou a “oferta” para assistir Katlego Mphela, a grande figura do jogo.

Quase em cima do intervalo, o avançado do Sundowns teve nos pés mais uma boa oportunidade, mas, desta feita, Lloris redimiu-se do erro no primeiro golo.

No segundo tempo, a “dupla” Mphela-Lloris continuou a dar nas vistas. Depois do avançado sul-africano ter acertado no poste, aos 50 minutos, o guarda-redes do Lyon evitou, com mais duas boas defesas, o golo ao sul-africano.

Um pouco contra a “corrente”, a França reduziu a desvantagem, aos 70 minutos, por Florent Malouda, assistido por Franck Ribery, e acabou com as já ténues esperanças dos donos da casa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.