Um adepto invadiu o relvado do Estádio Olímpico de Sdiney, durante a final do Mundial feminino de futebol disputado entre Espanha e Inglaterra, esta manhã. Envergando uma bandeira da Ucrânia, o adepto conseguiu passar pela barreira de seguranças e correr por entre as jogadoras, até ser placado pelos stewards.

Além da bandeira de Ucrânia, usava uma camisola que tinha a bandeira da Ucrânia e as palavras 'peace Ukraine' nas costas, e ainda uma imagem de Vladimir Putin, presidente da Rússia, estampada na parte da frente, com a frase, 'Stop Putler'. Uma comparação entre o líder russo e Adolf Hitler.

Depois de invadir o relvado e correr uns metros, o invasor foi detido e retirado do estádio.

Eis as imagens da invasão

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.