Alemanha e França são os finalistas do Campeonato do Mundo de futebol de sub-17, a decorrer na Indonésia, depois de, esta terça-feira, terem vencido a Argentina e o Mali, respetivamente.

Na primeira meia-final do dia, a seleção alemã, que procura o primeiro título mundial no escalão, eliminou a Argentina já no desempate por grandes penalidades (4-2), depois de um empate a 3-3 no período regulamentar.

No jogo disputado no Estádio Manahan, em Surakarta, o avançado Agustín Ruberto, da equipa B do River Plate, esteve, uma vez mais, em grande plano, com um ‘hat-trick’, traduzido em golos aos 36', 45'+4' e 90'+7' minutos.

A grande exibição do avançado, que lidera os melhores marcadores, com oito golos, acabou por não ser suficiente, num jogo em que os alemães também tiveram Paris Brunner em destaque, com golos aos 09' e 58' minutos, e Moerstedt, aos 69'.

No mesmo local, um pouco depois, a França conseguiu a reviravolta no marcador diante do Mali, depois de os africanos ficarem reduzidos a 10 jogadores, por expulsão do lateral direito Sanogo, aos 55' minutos.

O Mali tinha-se adiantado no marcador perto do intervalo, com golo de Diarra, aos 45'+4', e a França acabou por operar a reviravolta com golos de Yvann Titi, aos 56', e de Ismael Bouneb, aos 69'.

A final de domingo, novamente no Estádio Manahan, às 19h locais (12h em Lisboa) irá opor uma França que foi campeã em 2001, e uma Alemanha que ainda procura o primeiro título mundial no escalão, depois de ter sido finalista vencida em 1985, então como Alemanha ocidental.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.