com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €32,99/mês. Exclusivo Online.

Adeptos mexicanos queriam apoiar a equipa, mas podem acabar multados por usarem a palavra 'maricas'

Apoiantes da seleção mexicana em Doha entoaram cânticos que foram considerados discriminatórios durante o jogo contra a Polónia.
Adeptos mexicanos queriam apoiar a equipa, mas podem acabar multados por usarem a palavra 'maricas'
Adeptos do México apoiam a seleção em Doha EPA/Mohamed Messara

Durante a partida, que acabaria por terminar empatada, entre o México e a Polónia, os adeptos norte-americanos não pararam de apoiar a sua seleção com garra e atitude. Contudo, um dos cânticos foi cânticos foi condenado ainda no estádio.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

"El que no salta es polaco maricón" [quem não salta é um polaco maricas], ouviu-se nas bancadas onde estavam os mexicanos. Através das colunas do estádio 974 (o mesmo onde Portugal vai fazer a sua estreia na quinta-feira diante do Gana), foi emitida a mensagem a condenar o cântico e o pedido para parar de o cantar.

Até à data não foi emitido qualquer castigo oficial à seleção mexicana.

O Mundial2022 está a decorrer no Qatar desde o dia 20 de novembro até 18 de dezembro.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Pergunta do Dia

Mais informações
Participou nesta votação.

Veja também

 
 

Comentários

Entre com a sua conta do Facebook ou registe-se para ver e comentar