O Mundial já tem protagonizado grandes momentos dentro das quatro linhas, mas parece ser impossível esquecer todas as polémicas associadas à competição do Qatar.

Todas as questões associadas aos direitos humanos e às braçadeiras 'One Love' continuam bem presentes e agora é a seleção alemã que vai reagir contra a FIFA junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD).

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Em causa estará uma ameaça do presidente Gianni Infantino com sanções aos países cujos capitães utilizassem essa mesma braçadeira, como símbolo da luta pelos direitos humanos, nos jogos do Mundial.

A informação foi avançada ontem pelo jornal 'Bild' e já houve uma reação oficial sobre os reais motivos para a queixa junto do TAD:

"A FIFA proibiu-nos de defender a diversidade e os direitos humanos. E fê-lo com ameaças massivas de sanções desportivas, sem especificá-las. A federação está a verificar se essa ação é legal", explicou Steffen Simon, da Federação da Alemanha.

Quem também abordou o tema foi Nancy Faeser, ministra do interior da Alemanha, que apontou a um "grande erro da FIFA" e apelou à união dos países europeus:

"É mais do que lamentável que as federações europeias não se tenham oposto a isso, juntas. Isso teria sido um sinal importante. Neste momento é tudo uma questão de atitude… de todos, especialmente das federações!", atirou, garantindo ainda que vai marcar presença no primeiro jogo da Seleção frente ao Japão, marcado para esta quarta-feira às 13h (hora de Portugal continental).

Este é um caso que apenas poderá ter novos desenvolvimentos nas próximas 48 horas, mas até lá com a garantia que a Alemanha não usará a braçadeira do 'One Love' na estreia. O segundo jogo frente à Espanha é encarado com alguma expectativa nesse sentido.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.