A receção da seleção masculina de futebol da Estónia à República Checa, para a qualificação do Mundial2022, foi hoje transferida da capital Tallinn para a Polónia, devido a novas restrições em virtude da pandemia de covid-19.

Segundo a Associação de Futebol Checa, o jogo de quarta-feira, no arranque do grupo E, foi transferido para Lublin, com Martin Malik, presidente da federação, a explicar que foi a própria FIFA a informá-los da decisão.

A medida não afeta a disponibilidade dos quatro jogadores que atuam na Alemanha, Jiri Pavlenka, Patrick Schick, Vladimir Darida e Pavel Kaderabek, devido às apertadas restrições daquele país quanto a entradas.

O quarteto poderá entrar na convocatória para essas partidas, mas não com a Bélgica, em Praga, e o País de Gales, em Cardiff, porque os clubes alemães querem que os atletas comecem a quarentena obrigatória de duas semanas o quanto antes.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.692.313 mortos no mundo, resultantes de mais de 121,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.