A eliminação do Brasil no Mundial da África do Sul gerou um prejuízo de 85 milhões de reais (37 milhões de euros) na venda de produtos com as cores verde e amarelo, calculou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

No Estado do Rio de Janeiro, calcula-se que os produtos que não serão vendidos contabilizem 8,5 milhões (3,7 milhões de euros).

Era grande a expectativa de que o Brasil chegasse à final. O fracasso da selecção afugentou os adeptos e os compradores representando um duro golpe para os pequenos comerciantes que haviam apostado no hexacampeonato nos Mundiais de 2010.

Ainda na tentativa de reduzir as provisões, o comércio no Rio de Janeiro anuncia descontos de 15 a 50 por cento dos produtos, uma vez que se esperava que as vendas continuassem até a próxima semana, pois o Mundial termina domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.