O jogador portista viu hoje o árbitro português, Olegário Benquerença, mostrar-lhe a cartolina que o impede de jogar o encontro decisivo para chegar à final do Mundial 2010. Ao ver este cartão, Fucile fica com dois acumulados que o impedem automaticamente de jogar as “meias”, enquanto Luís Suarez foi expulso pelo árbitro português no último minuto do prolongamento, ao impedir que a bola entrasse na baliza com a mão.

Fucile tinha sido admoestado com um primeiro cartão amarelo no terceiro jogo da fase de grupos, frente ao México, e viu hoje o segundo por um “tackle” sobre o ganês Asamoah Gyan.

No final do encontro, Fucile mostrou confiança nos jogadores que irão entrar no seu lugar. “Os jogadores que vão entrar por nós vão fazer o melhor para atingir o objectivo que é chegar à final”, garantiu o jogador do FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.