No Estádio Luzhniki, em Moscovo, Mario Mandzukic (18 minutos), na própria baliza, Antoine Griezmann (38), de grande penalidade, Paul Pogba (59) e Kylian Mbappé (65) apontaram os tentos dos franceses, enquanto Ivan Perisic (28) e Mandzukic (69) faturaram para os croatas.

Ao apontar o quarto golo da França, Kylian Mbappé tornou-se no segundo jogador da história com menos de 20 anos a marcar numa final de um campeonato do Mundo igualando o mítico Pelé.

Recorde-se que o antigo internacional brasileiro apontou dois golos no triunfo do Brasil diante da Suécia, na final do Mundial de 1958.

E com a conquista do título mundial, Mbappé, que completa 19 anos este domingo, tornou-se no terceiro jogador mais jovem a alcançar esse feito depois de Pelé (que tinha apenas 17 anos em 1958) e o italiano Bergomi (que tinha 18 anos no Mundial de Espanha de 1982).

Já os gauleses tornaram-se na sexta seleção a ‘bisar’ o título mundial, depois de Itália, Uruguai, Brasil, Alemanha e Argentina, sendo que conquistaram o primeiro fora, depois do triunfo em solo gaulês, em 1998, selado com um 3-0 ao Brasil na final.

A final do Mundial não registava tantos golos desde 1966, há 52 anos, quando a anfitriã Inglaterra superou a RFA por 4-2, após prolongamento, sendo que o recorde, de 1958 (5-2 do Brasil à Suécia), ficou apenas a um tento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.