O defesa Nuno Mendes vai falhar o resto do Campeonato do Mundo de futebol, devido a lesão, mas vai manter-se integrado na seleção portuguesa, confirmou hoje o selecionador nacional, Fernando Santos.

“Infelizmente, o Nuno Mendes vai estar fora deste Mundial, mas vai ficar connosco até ao final. O clube dele acedeu e o que ele poderia fazer lá [em termos de recuperação] pode fazer aqui também. Ele manifestou vontade de estar connosco. Isso reflete o estado de espírito e união deste grupo”, afirmou o técnico, em conferência de imprensa.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Fernando Santos falava aos jornalistas na antevisão ao encontro com a Coreia do Sul, da terceira jornada do Grupo H do Mundial2022, na sexta-feira, no qual o lateral esquerdo do Paris Saint-Germain já não participará.

O jogador sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda no decorrer da primeira parte da partida com o Uruguai e foi hoje dado “como indisponível” pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Na segunda-feira, na vitória ante o Uruguai (2-0), em Lusail, da segunda jornada do Grupo H, Nuno Mendes caiu no relvado perto do intervalo para pedir a substituição, saíndo, depois, em lágrimas para dar lugar a Raphaël Guerreiro.

Este foi, de resto, o primeiro encontro em que Nuno Mendes participou neste Mundial, uma vez que já tinha falhado a estreia lusa, frente ao Gana, igualmente devido a problemas físicos.

Na sexta-feira, Portugal defronta a Coreia do Sul, a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa), no Estádio Education City, em Doha, em jogo da terceira jornada do Grupo H do Mundial2022, que decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

A equipa das ‘quinas’, que assegurou a qualificação para os oitavos de final com o triunfo sobre o Uruguai (2-0), lidera o grupo, com seis pontos, mais três do que o Gana, segundo, e mais cinco face a sul-coreanos, treinados por Paulo Bento, e uruguaios, que, à mesma a hora, defrontam os ganeses.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.