A seleção de futebol da Guiné-Bissau foi no sábado derrotada por 3-0 pela congénere marroquina, em Casablanca, no jogo da quarta jornada do Grupo I do apuramento para o Mundial de 2022.

É a segunda derrota dos guineenses diante de Marrocos, no espaço de quatro dias, sendo que a primeira, na passada quarta-feira, foi por 5-0, em Rabat.

Com três mudanças operadas no ‘onze’ guineense pelo selecionador Baciro Candé, com as entradas de Soriano Manconi (Moreirense), Frédéric Mendy (Vitória do Setúbal) e Piquete Djassi, os ‘djurtus’ não conseguiram assegurar o ímpeto dos marroquinos, que na primeira parte já venciam por 2-0.

Da equipa inicial, saíram Moreto Cassamá, Joseph Mendy e Mama Baldé.

Na partida realizada hoje em Casablanca, os golos de Marrocos foram apontados por Ayoub El Kaabi, que ‘bisou’, aos 10 e 69 minutos, e Aymen Barkok, aos 20.

Com a derrota de hoje, a Guiné-Bissau mantém a segunda posição do Grupo I, com quatro pontos, enquanto Marrocos destacou-se ainda mais na frente, com nove, e menos um jogo, que vai realizar na terça-feira, diante da Guiné-Conacri.

A Guiné-Conacri, que hoje empatou a duas bolas com o Sudão, ocupa a terceira posição, com três pontos, e os sudaneses encontram-se na última posição, com dois.

Os próximos jogos da Guiné-Bissau, no âmbito do apuramento para o Mundial de Qatar, serão em novembro, diante da Guiné-Conacri e do Sudão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.