O defesa Carles Puyol, que tinha anunciado o abandono da selecção de Espanha no final do Mundial de futebol, está a reconsiderar essa decisão após conversar com responsáveis da equipa nacional espanhola.

“Sinceramente não é uma decisão que esteja tomada. Na verdade, há um ano tinha as coisas muito mais claras do que hoje sobre esse assunto. Estava praticamente decidido a abandonar. São coisas normais no futebol. Falei com colegas, com o seleccionador, com Hierro, pessoas muito importantes para mim e que me ajudam e fazem pensar melhor”, disse o jogador em declarações à agência noticiosa EFE.

E concluiu: “A decisão não está tomada. Para já, só penso em jogar a final, dar o máximo e tentar ajudar a selecção a conseguir o nosso grande sonho”.

O capitão do FC Barcelona leva 10 anos com a “Roja” e se jogar como tudo indica a final da prova frente à Holanda no domingo, cumprirá o jogo 90 com a camisola da selecção, tornando-se no quinto jogador com mais internacionalizações na história do futebol espanhol.

A decisão de Puyol reconsiderar o abandono surgiu, de acordo com a agência de notícias EFE, depois de uma conversa com o seu amigo Fernando Hierro, ex-jogador e capitão da “roja” e actual director da federação espanhola.

Hierro, que vestiu por 89 vezes a camisola da selecção, pediu a Carles Puyol para meditar sobre a sua continuidade na equipa, lembrando ao defesa catalão a liderança que este exerce sobre a actual geração de jogadores.

O seleccionador de Espanha, Vicente Del Bosque, já tinha pedido a Puyol para continuar na selecção até atingir a centésima internacionalização e inscrever assim o seu nome ao lado dos guarda-redes Andoni Zubizarreta e Iker Casillas e do avançado Raul González.

Carles Puyol estreou-se na selecção espanhola a 15 de Novembro de 2000, em Sevilha, precisamente num jogo frente à Holanda.

Na ocasião, o adversário da Espanha na final do Mundial2010 venceu por 2-1 e Hierro, uma das pessoas que está a tentar demover o capitão do FC Barcelona de abandonar a selecção, foi expulso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.