A selecção brasileira já marcou dois golos mas o primeiro foi anulado por posição em fora-de-jogo. Aos 7 minutos, Robinho, isolado após passe de Daniel Alves, marcou mas o árbitro Yuichi Nishimura anulou o lance.

Mas o mesmo Robinho não voltaria a falhar dois minutos depois. Num passe fenomenal de Felipe Melo, a rasgar a defensiva holandesa, Robinho controlou a bola e conseguiu bater Stekelenburg. A defesa da Holanda não deixou de ter culpa neste lance devido ao grande espaço que ofereceram ao jogador brasileiro do Santos.

Nos primeiros quarenta e cinco minutos, o Brasil esteve mais forte e foi a selecção com mais ocasiões de golo, tendo desperdiçado duas boas oportunidades aos minutos 24 e 30.

O vencedor deste encontro defrontará nas meias-finais o triunfante do encontro Uruguai – Gana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.