Portugal e Suíça medem forças esta terça-feira, a partir das 19h00, por um lugar nos quartos de final do Mundial2022. Rúben Dias foi o jogador escolhido para fazer a antevisão à partida.

Mentalidade para o jogo com a Suíça: "De forma geral, como é óbvio entramos agora numa fase diferente, não é preciso mudar muita coisa. Temos a consciência de que isto é um jogo e nada mais, não há espaço para cometer erros. É cada vez mais necessário apertar o foco e estar cada vez mais e mais preparados para decidir os jogos em detalhes. Estamos prontos e venham eles."

Têm treinado as grandes penalidades?: "Acho que podemos considerar que estamos preparados caso isso seja necessário. Foi algo que tivemos sempre em conta, faz parte da competição e é um momento importante onde é uma ponta de sorte mas também qualidade na execução. É algo que temos vindo a praticar."

Suíça: "Esperamos um jogo de alto nível. Não podia ser de outra maneira, especialmente dada a competição em que estamos. Focamo-nos em nós, temos perfeita consciência do que a Suíça traz para o jogo, mas acima de tudo é pensarmos em nós e naquilo que temos para dar."

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Dupla com centrais diferentes: "Mudam pequenos detalhes de cada um de nós. Somos todos muito bons mas cada um à sua maneira. Acima de tudo, o entendimento que temos entre todos é bom. Foi a primeira vez do António [Silva] aqui, mas a sua qualidade fez com que a integração fosse rápida. Estamos preparados para responder quando for necessário, mas não me cabe a mim a tomada de decisão. Tenho de estar preparado para dar o meu melhor e jogar seja com quem for."

Apoio no Qatar: "De forma geral, acho que temos sentido muito calor por parte da massa associativa catari que tem estado presente nos jogos, mesmo sem ser nos jogos... Fazem-se sentir quando se cruzam com a equipa. É importante e quero agradecer o apoio que têm dado e a paixão que transmitem pela nossa equipa. São momentos importantes e marcantes para nós, espero poder contar com mais apoio daqui para a frente."

Jogadores em risco de exclusão: "Nesta pergunta vou encará-la do ponto de vista mais pessoal. É uma questão de como estamos habituados a jogar na posição, isto é um contexto do qual ninguém quer ficar de fora. Se tiver de acontecer, assim o farei. No fim de contas, trata-se de não pensar excessivamente no assunto. Faz parte do jogo e, acima de tudo, conseguir jogar com liberdade e foco. Em qualquer outra circunstância, levar um amarelo não é a situação ideal, mas temos de manter o foco e, com o tipo de jogadores que temos, inteligentes, acho que o caminho é esse."

Críticas a Ronaldo: "Acho que essa pergunta tem de ser feita ao Cristiano, não a mim. O que tenho a dizer é que, especialmente nesta fase, sentimos que a imprensa se está a meter por trás da equipa e isso inclui o Ronaldo e todos os outros. Em vez de nos dividirmos, que nos juntemos, isso dá uma força maior. Queremos essa força e essa energia boa e positiva."

Portugal vai defrontar a Suíça nos oitavos de final do Campeonato do Mundo, em jogo marcado para terça-feira, às 22:00 locais (19:00 em Lisboa), em Lusail.

Na sexta-feira, a equipa das ‘quinas’ perdeu por 2-1 com a Coreia do Sul, de Paulo Bento, no derradeiro encontro do Grupo H, mas segurou o primeiro lugar, com seis pontos, enquanto os asiáticos garantiram o segundo posto, com quatro, e também seguiram para a próxima fase, em que vão encontrar o Brasil.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.