O seleccionador da Coreia do Sul, Huh Jung-moo, anunciou hoje a demissão do cargo, na sequência das fortes críticas de que foi alvo durante a participação no Mundial de futebol de 2010, na África do Sul.

“Decidi não lutar por um segundo mandato”, disse o técnico, de 55 anos, explicando que a sua família “sofreu bastante” com toda a situação e que agora pretende descansar e estar com a família.

O contrato de dois anos e meio de Huh Jung-moo terminava após o Mundial2010, onde os sul-coreanos foram eliminados nos oitavos de final, após perderem com o Uruguai (2-1), e apesar do presidente da Federação ter dito que pretendia manter o técnico.

Na África do Sul, a Coreia do Sul conseguiu a melhor participação num Mundial disputado no estrangeiro, tendo em conta que em 2002, na qualidade de co-anfitriã, a equipa chegou às meias-finais e terminou no quarto lugar.

Em 2010, a Coreia do Sul venceu a Grécia (2-0), empatou com a Nigéria (2-2) e perdeu com a Argentina (4-1), ainda em jogos da fase de grupos e antes de ser eliminada pelo Uruguai nos “oitavos”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.