Depois de ver o Uruguai ficar pelo caminho no Mundial 2022 em virtude da conjugação de resultados da derradeira jornada do Grupo H, de nada valendo aos sul-americanos a vitória por 2-0 frente ao Gana, face ao triunfo da Coreia do Sul sobre Portugal, o selecionador Diego Alonso apontou o dedo à arbitragem não só do embate com o Gana, mas também do encontro com Portugal, na segunda jornada.

"Fizemos tudo o que tínhamos de fazer para passar à próxima fase. Fizemos tudo. Mas, depois fomos impedidos pelo árbitro. Isto é futebol. Vamos para casa com um sabor amargo. Tivemos hoje um penálti e, no jogo com Portugal, a FIFA comunicou-nos que errou. E, por isso, estamos fora. Não pelo empate com a Coreia do Sul, mas por causa do penálti com Portugal. A FIFA errou", vincou.

Depois, elogiou o esforço dos seus jogadores. "Não posso dizer nada dos meus jogadores. Fizeram tudo. Deram tudo. Sobre a minha continuidade, vamos deixar passar alguns dias e depois conversamos", afirmou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.