Após o empate a três golos diante da Sérvia, o selecionador dos Camarões, Rigobert Song, abordou o recente castigo aplicado ao guarda-redes Andre Onana. O treinador dos 'Leões indomáveis' deixou a entender que o jogador não respeitou os critérios de disciplina aplicados na seleção camaronesa.

"O Andre é um jogador muito importante, mas tenho de me concentrar mais no grupo do que nas individualidades. É preciso alguma disciplina, e quando não te encaixas nesses critérios de disciplina, é preciso assumir as responsabilidades. De momento, estamos a jogar com quem quer defender as cores do país", afirmou Song.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Para além deste caso, Rigobert Song aproveitou para elogiar a determinação da sua equipa após alcançar o empate a três golos diante da Sérvia. A seleção africana ainda tem hipóteses de alcançar o apuramento, mesmo que para tal tenha de vencer o Brasil.

"A nossa determinação foi importante. Ao intervalo pensámos que estava tudo perdido, mas vimos que os jogadores reagiram bem. Estamos a ganhar força. A nossa equipa ainda é jovem, isto é algo que leva tempo. Querem dar tudo e às vezes são ingénuos e erram. Último jogo com o Brasil? Acreditamos. Não viemos ao Mundial fazer número ou apenas para participar. Ainda temos uma palavra a dizer, mesmo sabendo que eles têm uma grande equipa", sublinhou.

O encontro entre Brasil e Camarões terá lugar na próxima sexta-feira, às 19 horas, no Estádio Lusail.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.