“No seguimento do tratamento jornalístico que normalmente lhe é dispensado pelo jornal A Bola e após cúmulo da falta de rigor e isenção que marcou a edição de 3 de Janeiro, no que concerne a ocorrências após o jogo no Estádio da Luz, o plantel do FC Porto decidiu não voltar a prestar declarações a este diário desportivo ou em eventos nos quais jornalistas da publicação em causa se encontrem presentes. Esta medida tem efeitos imediatos”, pode ler-se no site oficial do FC Porto.

A notícia foi publicada ontem e, segundo o jornal A Bola, além de Hulk e Sapunaru, também Helton, Fucile e Rodriguez foram “apanhados” pelas câmaras de vigilância do túnel do Estádio da Luz em cenas de violência com os 'stewards'.

A restante estrutura do FC Porto reforçou a ideia de estar solidária com esta acção dos jogadores.

A Comissão Disciplinar da Liga analisará o caso na próxima semana, estando o departamento jurídico do FC Porto atento a estas indicações.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.