André Villas-Boas termina contrato com o Zenit em junho mas ainda não se sabe qual será o futuro do técnico português.

O antigo treinador do FC Porto rejeitou a última proposta de contrato da formação russa já que pretende mudar de "ares" mas os responsáveis do Zenit ainda não desistiram de tentar a renovação. Maxim Mitrofanov, diretor geral do Zenit, acredita que ainda é possível convencer o treinador a ficar.

"Ninguém pode garantir que ele vai sair. O contrato termina em junho e não descartamos chegar a um acordo para a renovação. É o nosso treinador e temos tempo para decidir", disse Mitrofanov ao ´SovSport`.

O dirigente do clube russo mostrou alguma pressa em discutir a questão com Villas-Boas para assim ter tempo de procurar uma alternativa caso tenha uma resposta negativa do português.

"Não vamos esperar até ao último minuto. Falaremos com ele sobre as suas expectativas, mas não deixaremos de avaliar alternativas no futebol russo e no estrangeiro", sublinhou Mitrofanov.

André Villas-Boas já disse publicamente que vai deixar o Zenit no final da época. O português está no clube russo desde a época 2013/2014.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.