Mauricio Pochetttino nunca escondeu o desejo de regressar à Espanha. O atual treinador do Tottenham tem sido frequentemente ligado ao Real Madrid e, em entrevista à TVE, não descartou a hipótese de treinar os campeões europeus.

"Claro que voltaria. Estou sempre aberto a novos projetos. Oxalá um dia possa voltar e apostar num futebol vencedor e que as pessoas gostem", disse o técnico, deixando rasgados elogios ao atual treinador do Real Madrid.

"Eu e Santiago [Solari] fomos colegas. Respeito-o muito e sei muito bem o que está a ser 'cozinhado'", terminou.

O técnico argentino falou do trabalho desenvolvido no Tottenham nos últimos anos e deixou um reparo curioso sobre a sua entrevista.

"Acho que dá para ver que estamos a fazer um bom trabalho. Há grande mérito de estarmos em 3.º lugar na Premier League e nos quartos de final da Champions. Esta entrevista vai fazer com que o meu presidente fique chateado [risos]... ou então que fique contente", assinalou.

Sobre a eliminação merengue da Liga dos Campeões ante o Ajax [derrota 4-1 em casa], Pochettuno lembrou que "quando equipas como o Real Madrid e PSG são eliminados, é sempre frustrante e dececionante. Há uma crise".

Mauricio Pochetttino falou ainda de Harry Kane, avançado do Tottenham que tem sido apontado ao Real Madrid.

"É como se fosse um filho para mim. Cresceu connosco. É um dos melhores avançados do Mundo", elogiou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.