O ex-internacional português Abel Xavier considerou, hoje, que o título inglês conquistado, na quinta-feira, pelo Liverpool, depois de um interregno de 30 anos, "faz bem ao futebol mundial".

Abel Xavier representou o clube britânico durante duas temporadas, em 2001 e 2002, e assumiu que, desde então, estavam a ser criadas condições para que a conquista do campeonato inglês fosse uma realidade.

"Independentemente das preferências clubísticas, acho que o Liverpool vencer o campeonato, depois de 30 anos, faz bem o futebol mundial. Pertenci a uma geração que já tinha tentando ganhar a Liga, mas ficou em segundo lugar. Conheço bem as infraestruturas e o pensamento que está por trás da obra Liverpool e sei quão importante é esta conquista", sublinhou Abel Xavier.

O ex-defesa elegeu o seu antigo treinador na equipa, o francês Gerard Houllier, como o precursor de uma mudança de mentalidade no Liverpool, considerando que o atual técnico Jurgen Klopp deu "perfeita sequência" a esse trabalho.

"Mérito para o Klopp e para a estrutura atual, que, em quatro anos, conseguiu desenvolver a herança deixada por Gerard Houllier, que já na altura fez a cissão entre a cultura muito própria do futebol britânico para uma visão internacional e global do Liverpool atual", analisou Abel Xavier.

O antigo internacional português considerou que Jurgen Klopp "foi o que melhor entendeu o que é essência do Liverpool", antecipando a continuidade de sucesso do clube.

"É uma equipa muito forte, competitiva, e sempre a pensar nos aspetos coletivos. Basta ver a diferença em termos pontuais que conseguiram em relação ao Manchester City, que, embora tendo mais capacidade económica, não conseguiu fazer uma equipa com tanta qualidade coletiva como o Liverpool. Acho que este sucesso vai continuar", analisou.

O antigo jogador não hesitpu em dizer que, "apesar dos títulos internacionais conquistados, ser campeão da Liga inglesa é bem mais importante para os adeptos do Liverpool", percebendo a euforia que se vive entre os fãs.

"Foi um longo período, e os adeptos do Liverpool merecem festejar da melhor maneira possível. São pessoas de uma classe laboral, gente humilde, que foi combatendo a hegemonia da capital, com uma devoção que em todo mundo é conhecida", concluiu Abel Xavier.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.