Os novos inquéritos para apurar as responsabilidades pela tragédia que causou a morte a 96 adeptos do Liverpool no estádio de Hillsborough, em 1989, vão começar a 31 de março de 2014, anunciou esta quarta-feira a Justiça britânica.

O juiz John Goldring assegurou que as inquirições serão realizadas perante um júri.

As famílias das vítimas, que desencadearam uma longa campanha em prol do apuramento da verdade, esperam que os inquéritos possam lançar mais luz sobre o desastre e perceber se poderiam ter sido poupadas mais vidas no estádio de Hillsborough, em Sheffield, norte da Inglaterra, em abril de 1989, no decorrer de uma partida entre o Liverpool e o Nothingam Forest.

Os adeptos do Liverpool morreram esmagados contra as redes do estádio, depois de pressionados pelo público que sobrelotava a bancada superior, naquele que continua a ser considerado o pior desastre na história desportiva britânica.

Os inquéritos originais às ocorrências de 1989 concluíram pela tese de morte acidental.

Um relatório independente divulgado em setembro concluiu, no entanto, que 41 dos adeptos poderiam ter sobrevivido, se tivessem recebido tratamento médico mais rapidamente.

Em dezembro do ano passado, o Supremo Tribunal de Londres anulou os veredictos e pediu uma nova investigação, enquanto a polícia reabria também o processo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.