A polícia britânica revelou esta quarta-feira que crianças com idades a começar nos quatro anos poderão ter sido molestadas, no quadro do escândalo de pedofilia que abala o futebol inglês.

Numa atualização da informação, o Conselho Nacional de Chefes de Polícia (NPCC na sigla em inglês), órgão que coordena as forças policiais locais, houve aumentos significativos no número de clubes envolvidos, de suspeitos e de potenciais vítimas.

No inquérito estão a ser investigados 148 clubes, 155 suspeitos e 429 vítimas, com idades entre os quatro e os 20 anos no momento dos alegados abusos sexuais. Grande parte aconteceu há mais de 20 anos.

Vários ex-jogadores vieram a público relatar que tinham sido vítimas de abusos sexuais por parte de treinadores das camadas jovens, depois Andy Woodward ter revelado no mês passado que foi molestado por um pedófilo condenado quando representava o Crewe Alexandra.

Os números mais recentes do NPCC dão conta de que há 819 situações relacionadas com o caso sob investigação. Três quartos foram referidos através da linha telefónica entretanto criada para apoio e denúncias em casos idênticos e as restantes vieram das forças policiais britânicas.

Cerca de 98% das vítimas são do sexo masculino e o NPCC confirmou que outras modalidades foram também citadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.