Segundo o jornal "O Jogo", o ex-jogador do FC Porto decidiu falar sobre a sua hipotética saída do clube campeão inglês para que não haja mais dívidas sobre a sua determinação. "É muito díficil entrar na equipa mas quero ficar e lutar por um lugar", afirmou o médio de forma a negar quaisquer problemas com o técnico do Manchester United Alex Ferguson.

"Se Sir Alex Ferguson não me põe a jogar eu respeito porque é ele quem manda. Sei que ele quer o melhor para mim", disse Anderson.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.