O treinador do Arsenal, Arsène Wenger, afirmou que Thomas Lemar preferiu ficar no Mónaco a transferir-se para o futebol inglês. Em declarações à beIN Sports, o treinador francês reiterou que respeita a decisão do jogador que era um dos alvos de transferências do Arsenal neste defeso.

“O Lemar optou por ficar no Mónaco. Temos de respeitar o que aconteceu durante as negociações, mas não me quero alongar sobre este assunto. Vivemos numa altura em que o futebol não tem muita transparência e há alturas em que o silêncio é o melhor para todos por respeito a quem está envolvido”.

Lemar era um dos principais alvos do Arsenal para este defeso, mas o jogador manteve-se no Mónaco de Leonardo Jardim. A transferência entre os dois clubes era apontada pela imprensa inglesa como um negócio na ordem dos 40 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.