O vídeo tornado público, e que rapidamente ganhou proporções polémicas, mostra o treinador português a treinar os jogadores do Tottenham Ryan Sessegnon, Davinson Sánchez e Tanguy Ndombélé, este último seria o verdadeiro motivo da presença de José Mourinho num parque em Londres,

Segundo informações recolhidas pelo jornal espanhol 'AS', o treinador português encontrou-se com o  antigo jogador do Lyon para aumentar a sua confiança mental, referindo que se tratava de peça fundamental no futuro do Tottenham.

Ndombélé transferiu-se no início da presente época por 60 milhões de euros, tendo somado apenas 944 minutos de jogo na Premier League.

Quanto a Ryan Sessegnon e Davinson Sánchez, os dois jogadores dos spurs vivem perto do local e estavam a cumprir um treino diário, mas sem cumprir o distanciamento social recomendado, face à pandemia da COVID-19.

O Tottenham já veio a público apelar ao bom senso dos jogadores, pedindo-lhes que continuem a cumprir o isolamento social recomendado pelas entidades responsáveis de saúde e José Mourinho já pediu desculpas por este episódio.

"Aceito que as minhas ações não tenham sido corretas nem de encontro com o protocolo do governo. É vital que todos nós façamos a nossa parte e possamos seguir as instruções do governo para ajudar os nossos heróis de saúde e salvar vidas", disse Mourinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.