O avançado inglês, David Bentley, anunciou o fim de carreira aos 29 anos por considerar que o mundo do futebol se tornou demasiado comercial e calculista. O jogador formado no Arsenal representava o Tottenham mas irá abandonar a profissão para se dedicar à restauração depois de uma época a jogar por empréstimo nos Blackburn Rovers.

"Adorei todos os minutos que joguei mas o futebol mudou. Agora, é tudo um pouco robótico, a questão dos media e o dinheiro que entrou no jogo... tornou tudo aborrecido, previsível e calculista", afirmou à Sky Sports.

"Tenho gémeos com três meses, outra criança com quatro anos e há muito em que pensar. Estou envolvido num restaurante em Espanha e vamos entrar no Reino Unido, há muito trabalho. Não queria continuar a jogar por dinheiro e levar a minha família para um sítio onde não queríamos estar. A vida é demasiado curta para isso. Perdi o amor pelo futebol. Foram tempos difíceis no Tottenham, entre outras coisas. Pode ser um pouco cedo (para terminar a carreira) mas é o ponto onde me encontro", atirou David Bentley.

Formado no Arsenal, David Bentley passou por clubes como o Norwich, Blackburn, Birmingham ou West Ham tendo sido internacional inglês em sete ocasiões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.