Os antigos clubes da Primeira Liga inglesa Birmingham e Coventry foram proibidos de realizar transferências por não terem entregado os balanços financeiros dentro do prazo à Football League.

Os dois clubes do centro de Inglaterra falharam o prazo de 01 de março para a entrega das contas naquele organismo, que supervisiona o segundo escalão do futebol inglês, a League Championship, em que ambos alinham.

O Birmingham, que foi despromovido à segunda divisão no final da última temporada, justificou o atraso com a realização de uma auditoria no âmbito do processo por alegado branqueamento de capitais que envolve o dono do clube Carson Yeung.

O Coventry também já veio esclarecer que está ainda à espera que o dono do clube aprove o seu orçamento.

Apesar de o “mercado” de transferências de janeiro estar fechado, os clubes podem assinar vínculos com jogadores sem contrato ou com jogadores emprestados.

Na quinta-feira, outro clube da segunda liga inglesa, o Portsmouth, foi notícia devido a problemas financeiros que podem obrigar ao seu fim em maio.

O clube está na zona de despromoção, depois de lhe terem sido retirados 10 pontos por ter entrado em administração judicial pela segunda vez em dois anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.