O Manchester United e Tottenham empataram, esta sexta-feira, a uma bola em partida da 30.ª jornada da Premier League.

Muitos dizem que os dois não são compatíveis. Pogba e Bruno, Bruno e Pogba.

Ole Gunnar Solskjær tem a convição que sim. E porque não? Porque razão dois grandes jogadores não se podem complementar da melhor forma. Um foi para o banco, o outro foi titular.

Minuto 82 - A entrada de Paul Pogba já tinha mexido com um jogo. O francês arranca pelo lado direito, é derrubado por Eric Dier. Grande penalidade para o United. Na conversão, Bruno Fernandes empata a partida e faz o terceiro golo com a camisola dos 'red devils' na Premier League.

Quatro pontos separavam os 'spurs' de Mourinho, 8.º classificado, dos red devils, de Bruno Fernandes, que era 5.º.

O United começou mais acutilante. Ao minuto 21´ esteve perto do golo. Finalização de Rashford depois de cruzamento de Bruno Fernandes, a bola sofreu um desvio, e por instinto, Lloris conseguiu parar a bola.

Ao minuto 30, a incaracterística paragem para hidratação, num encontro sem apanha bolas nem público. A transmissão é mascarada pelo som ambiente da Premier League, timbre para enganar o ouvido mas não o coração. O homens de Manchester United chamaram para si a iniciativa de jogo, com a equipa dos 'spurs' com linhas mais baixas à imagem do técnico português.

Bruno Fernandes dava-se ao jogo, e tomava muitas vezes a iniciativa de rematar. Ao 25´, testou atenção de Lloris.

Mas aos 27´, a equipa de Mourinho chegou ao golo. Grande jogada de Steven Bergwijn, a passar por Maguire e depois a disparar sem hipótese para David de Gea.

O United não baixou a cabeça e foi à procura do empate. Rashford cabeceou e Lloris defendeu por instinto.

Os 'spurs' tentaram dilatar, com Son a cabecear depois de um grande cruzamento de Son.

Bruno Fernandes esteve muito perto golo, ao minuto 54. Iniciou a jogada, combinou com um colega, rematou rasteiro com a bola a passar perto do poste.

O português sempre na retina, fosse num toque de calcanhar, numa combinação, num passe sem olhar. Ao minuto 69´, Gedson Fernandes foi lançado por José Mourinho.

Depois do golo do empate da autoria de Bruno Fernandes, o United ainda sonhou com a vitória. O árbitro ainda assinalou uma grande penalidade sobre o centrocampista por parte de Dier, mas acabou por reverter a decisão.

No último suspiro, o médio português ainda tentou, mas o remate saiu desviado.

Com este resultado, o Manchester United conta com 46 pontos no quinto lugar. Já o Tottenham ocupa o oitavo posto com 42 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.