O Cardiff City apresentou, ontem, as suas alegações à FIFA em resposta ao conflito com o clube francês Nantes, no caso da transferência de Emiliano Sala, o avançado argentino que morreu num acidente de avião em janeiro passado, anunciou o clube galês.

"O Cardiff City FC apresentou hoje sua resposta à FIFA em relação à demanda apresentada pelo FC Nantes no dia 26 de fevereiro de 2019", confirmou um porta-voz da equipa inglesa à AFP.

O Nantes, clube ao qual o avançado pertencia, recorreu à FIFA para reivindicar do Cardiff o pagamento pela transferência do atacante argentino. A instância havia dado um prazo para que o clube inglês respondesse: até o dia 15 de abril.

Após a morte do argentino no acidente aéreo, o Cardiff decidiu não fazer um primeiro pagamento de 6 milhões de euros, dos 17 de custo total da transferência, que havia sido aprovado pelas autoridades do futebol antes da tragédia.

Segundo a imprensa britânica, o Cardiff considera que o acordo entre os dois clubes passou a ser "nulo" após a morte do jogador devido à rejeição da Premier League à primeira versão do contrato. Sala morreu antes da assinatura do contrato revisto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.