O Chelsea foi o clube inglês de futebol que mais dinheiro gastou em salários na última época, de acordo com os dados anuais da Premier League divulgados hoje, superando no topo da tabela os rivais de Manchester.

O relatório refere que o campeão inglês em título gastou mais do que qualquer outra equipa de topo em Inglaterra, recuperando a liderança da tabela, que perdeu em 2011/12 a favor do Manchester City, que conquistou o título nesse ano.

O Chelsea, do milionário russo Roman Abramovich e que foi comandado pelo português José Mourinho, registou um total de 289,7 milhões de euros em salários, o que representa um aumento de 33,6 milhões em relação à temporada anterior.

A massa salarial do Manchester United atingiu os 273,6 milhões de euros, a do Manchester City os 260,1 milhões de euros e a do Arsenal os 258,7 milhões de euros. Tanto o United como o City registaram uma diminuição na massa salarial.

Em termos desportivos, em relação à época a que se reporta as referidas tabelas salariais, o Chelsea terminou em primeiro, o City em segundo, o Arsenal em terceiro e o United em quarto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.