Em Londres, jogaram-se acertos de calendário relativos à 28.ª jornada, tanto em White Hart Lane como em Stamford Bridge, e já com 33 jornadas cumpridas o Chelsea regressa ao segundo lugar, com os mesmos 54 pontos dos "gunners", que caem para terceiro.

O Manchester United lidera com 70 e o Manchester City é quarto, com 56 pontos, agora mais dois do que o perseguidor, que é o Tottenham. Tanto "citizens" como "spurs" têm um jogo a menos.

Apesar de jogar fora, o Arsenal mostrou o seu melhor futebol e abriu logo aos quatro minutos. Após lançamento de Fábregas, Walcott finalizou para o fundo das redes de Gomes.

Durou pouco a festa "arsenalista" e, aos seis minutos, Rafael Van der Vaart calou a claque adversária ao rematar cruzado, sem defesa possível para Szczesny.

O Arsenal acelerou de novo e após uma boa troca de bola entre Diaby e Nasri este disparou forte para fazer o 2-1 para os visitantes, havia somente 12 minutos.

Sempre acutilante, o Arsenal elevou para 3-1, aos 40 minutos. Walcott cruzou para Van Persie na pequena área, que atirou para a defesa de Gomes, conseguindo na recarga o golo.

A emoção da primeira parte de "loucos" prosseguiu e Thomas Huddlestone, aos 44, rematou colocadíssimo para a baliza de Szczesny.

Após as entradas de Kaboul e Lennon, na segunda parte, o Tottenham foi melhor e chegou mesmo ao empate, a 20 minutos do fim, numa grande penalidade que Van der Vaart cobrou, com toda a calma.

Em Samford Bridge, os "blues" jogaram sem a pressão da Liga dos Campeões e da disputa do título nacional, rubricando uma grande exibição.

Florent Malouda adiantou o Chelsea, aos três minutos, e, aos 26, Salomon Kalou fez o 2-0, assistido por Drogba.

O terceiro golo do jogo voltou a ser de Malouda, a passe de Bertrand, aos 62. Finalmente, aos 77 minutos, uma grande penalidade a favor do Birmingham permitiu a Larsson fazer o 3-1 com que se chegou ao termo do desafio.

Na defesa do Chelsea, o internacional Paulo Ferreira e o ex-benfiquista David Luiz foram titulares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.