O Chelsea, adversário do FC Porto nos quartos de final da Liga dos Campeões, venceu hoje por 4-1 em casa do Crystal Palace, para a 31.ª jornada da Liga inglesa de futebol, e segue na luta pelos lugares europeus.

Num dérbi londrino, que fez esquecer a derrota em casa na última jornada por 5-2 frente ao West Bromwich, o Chelsea teve uma entrada fulgurante e, aos 10 minutos, vencia já por 2-0, com golos do alemão Kai Havertz e do norte-americano Christian Pulisic.

Ainda antes do intervalo, a formação treinada pelo alemão Thomas Tuchel elevou para 3-0 pelo francês Kurt Zouma, aos 30 minutos, concretizando em golos o domínio exercido e de sentido único para a baliza do Crystal Palace.

Na primeira tentativa que fez à baliza defendida pelo senegalês Edouard Mendy, até então um mero espectador, o Crystal Palace reduziu para 3-1, através de um cabeceamento de Christian Benteke, aos 63 minutos, perante alguma passividade dos ‘blues’.

Até ao final do encontro pertenceram à equipa do Chelsea as principais oportunidade de perigo e o resultado final de 4-1 foi assinado por Christian Pulisic, aos 78 minutos, que 'bisou' no encontro.

Com este triunfo, o Chelsea assumiu o quarto lugar, com 54 pontos, a 20 do líder Manchester City, embora à condição, uma vez que soma mais um jogo do que o West Ham, atual sexto posicionado, com 52, que no domingo recebe o Leicester.

O Chelsea recebe na terça-feira o FC Porto, em jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, no ‘emprestado’ estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, onde a equipa inglesa venceu na primeira mão os ‘dragões’ por 2-0.

Um ‘bis’ de Stuart Dallas garantiu o triunfo por 2-1 do Leeds United, reduzido a 10 na segunda parte, devido à expulsão de Liam Cooper, no terreno do líder Manchester City.

Dallas, que tinha inaugurado o marcador no estádio Etihad, aos 42 minutos, 'bisou' já em tempo de descontos (90+1), garantindo o terceiro triunfo consecutivo do Leeds, equipa na qual o português Helder Costa foi titular.

Com João Cancelo e Bernardo Silva no ‘onze’ titular, a equipa de Pep Guardiola ainda empatou a partida aos 76 minutos, com um golo de Ferran Torres, após passe do avançado internacional português.

O Manchester City, que na terça-feira venceu o Borussia Dortmund por 2-1 na primeira mão dos ‘quartos’ da Liga dos Campeões, somou assim a quarta derrota da época para a Liga inglesa.

Os ‘citizens’ mantêm-se confortavelmente na liderança da liga inglesa, com 74 pontos, mais 14 do que o vizinho Manchester United, segundo classificado, que, no entanto, tem menos dois jogos disputados.

O Leeds, que fez apenas dois remates na partida, é nono classificado, com 45 pontos.

Com o português Diogo Jota a titular, o Liverpool venceu por 2-1 na receção ao Aston Villa, que até chegou à vantagem por Ollie Watkins, aos 43 minutos. Na segunda parte, o Liverpool deu a volta com golos do egípcio Mohamed Salah, aos 57, e de Trent Alexander-Arnold, aos 90+1.

O Liverpool, que na quarta-feira recebe o Real Madrid para a segunda mão dos ‘quartos’ da Liga dos Campeões, após derrota por 3-1 em Espanha, segue no quinto posto da 'Premier League', com 52 pontos, enquanto o Aston Villa ocupa a 10.ª posição, com 44.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.