Dois golos fantásticos do senegalês Papiss Cissé deram esta quarta-feira ao Newcastle um triunfo por 2-0 no terreno do Chelsea, o primeiro em Stamford Bridge desde 1986, em jogo em atraso da 34.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

Em Londres, o avançado Cissé, contratação de inverno do Newcastle, esteve imparável e manteve a sua equipa na inesperada luta por um lugar na Liga dos Campeões da próxima temporada, deixando o Chelsea mais longe desse objetivo.

O jogador senegalês protagonizou dois golos de excelente qualidade, aos 19 e 90+4 minutos, e pôs fim a uma série de 11 jogos sem perder do Chelsea, que apresentou Raul Meireles e Bosingwa no “onze” titular.

O encontro ficou também marcado por uma entrada violenta do nigeriano Obi Mikel sobre o marfinense Tioté, que obrigou à saída do médio do Newcastle e à paragem do encontro durante largos minutos.

Este resultado deixa o Newcastle na quinta posição, em igualdade pontual com o Tottenham, que é quarto após também ter vencido (4-1) no terreno do Bolton, enquanto o Chelsea ficou agora no sexto lugar, a quatro pontos dos dois rivais.

Em Bolton, o Tottenham goleou os Wanderers, por 4-1, com o togolês Emmanuel Adebayor a bisar na partida e com galês a assinar duas assistência, num encontro que teve como espetador especial Fabrice Muamba.

O holandês Van der Vaart e o croata Luka Modric também marcaram para os “spurs”, enquanto Reo-Coker fez o golo de honra do Bolton, que continua na antepenúltima posição e a lutar pela manutenção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.