Com a compra dos direitos pela "Sky Sports" e "BT Sport" por um valor que ronda os 6,9 mil milhões de euros nas próximas três temporadas, os clubes ingleses vão ser os principais beneficiados. Os novos contratos de TV vão aumentar em 70% o valor das receitas amealhadas pelas equipas da Premier League a partir de 2016.

A título de comparação, clubes como o Real Madrid e o Barcelona, que recebem cerca de 150 milhões de euros por temporada em direitos televisivos, vão ser ultrapassados por todos os clubes da do principal escalão britânico no que diz respeito aos montantes amealhados pelas formações ingleses.

Neste contexto e com o novo contrato, os dois colossos espanhóis apenas vão poder rivalizar com as formações que subirem da segunda divisão em 2016/17. O contrato que entrará em vigor irá beneficiar os clubes ingleses, que passarão a poder a trair melhores jogadores e aumentará o nível dos salários do futebol inglês.

O Cardiff, clube proveniente da segunda liga, foi a equipa que menos recebeu na presente época, num total de 74 milhões de euros por temporada. Valores que aumentarão em 70% com o novo contrato.

Caso o acordo tivesse entrado em vigor no início da temporada, o clube galês receberia um total de 125 milhões de euros (menos 25 milhões do que Real Madrid e Barcelona). O Liverpool é o conjunto que maior valor recebe em direitos televisivos (cerca de 116 milhões esta época) e poderá ver o valor aumentar para mais de 200 milhões.

Seguindo esta linha de pensamento, os clubes que maiores quantias amealham com os direitos televisivos em Inglaterra, ultrapassarão os maiores clubes espanhóis. A liga inglesa poderá continuar a fazer valer o seu estatuto de campeonato mais competitivo do mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.