O treinador do Newcastle, Steve Bruce, afirmou esta sexta-feira que jogadores e equipa técnica do clube foram aconselhados a evitar os apertos de mão de forma a evitar um possível alastrar do coronavírus.

No Reino Unido há, neste momento, 19 casos confirmados de contaminação com o vírus agora conhecido como Covid-19 e o técnico explicou que o clube não quer correr quaisquer riscos.

Assim, a cordialidade tem agora sido bem menor antes dos treinos da equipa. "Aqui costumamos ter o ritual de cumprimentar toda a gente com um aperto de mão mas nos vemos pela manhã. Parámos de o fazer, a conselho do nosso médico", revelou Steve Bruce na conferência de imprensa do encontro de sábado com o Burnley.

O treinador lembrou que os jogadores são, antes de tudo, como outro cidadão qualquer. "Somos commo qualquer outra pessoa. Felizmente, temos connosco um médico fantástico, que nos vai mantendo informados sobre o que devemos fazer. Vamos continuar a acompanhar as notícias para sabermos o que se poderá seguir, mas esperamos que a situação não piore no nosso país", disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.