O guarda-redes belga Thibaut Courtois quer regressar a Madrid por motivos familiares, segundo o seu empresário, confirmando informações que aproximavam o jogador do Chelsea do Real Madrid.

O belga retoma os treinos com os 'Blues' nos próximos dias, depois de ajudar o seu país a terminar na terceira posição do Campeonato do Mundo e ser eleito o melhor da posição no torneio.

O ex-guardião do Atlético de Madrid ainda tem um ano de contrato com o Chelsea, mas o agente Christophe Henrotay indicou que Courtois quer voltar à capital espanhola para ficar perto dos dois filhos.

"Li em todos os lados que o Chelsea diz que é uma decisão de Courtois, mas ele já deixou claro ao clube que a melhor opção para ele é ir para o Real Madrid", disse Henrotay ao jornal The Sun.

"Para ele, esta é uma grande decisão porque quer estar próximo da sua família. Existe uma oferta para o Chelsea aceitar", acrescentou. Courtois tem uma filha de três anos e um filho de um.

"É compreensível que as pessoas se incomodem porque ele quer abandonar o clube, entendemos", analisou Henrotay. "Mas esta é uma decisão humana baseada em alguém que quer estar próximo dos seus filhos, e isso também é algo razoável", indicou.

O técnico do Chelsea, Maurizio Sarri, não escondeu sua incerteza sobre o futuro do goleiro. "Neste momento, Courtois é guarda-redes do Chelsea. Não sei no futuro, depende do clube. Depende especialmente dele, imagino", admitiu.

"Mas espero que Courtois seja o nosso guarda-redes. É muito importante para nós mantermos os melhores jogadores", concluiu o treinador italiano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.