Três jogadores, incluindo dois do Fulham, clube em que atua o português Ivan Cavaleiro, acusaram positivo à covid-19, anunciou hoje a Liga Inglesa de Futebol (EFL), organismo responsável pelo segundo, terceiro e quarto escalão desse país.

Em comunicado, a EFL explicou que 1030 jogadores e os respetivos membros das equipas técnicas das três divisões foram testados nos último três dias e que três futebolistas de dois clubes acusaram positivo do novo coronavírus.

O organismo explicou que os jogadores em causa iriam ser afastados das equipas e colocados de quarentena e acrescentou que não iria revelar tanto o nome dos futebolistas como os clubes em causa.

Contudo, minutos depois do comunicado da EFL, o Fulham, terceiro classificado do Championship (segundo escalão), anunciou que, após a segunda bateria de exames, dois jogadores do plantel principal tinham acusado positivo.

“Os jogadores, que continuarão a não ser identificados devido a confidencialidade médica, foram isolados, de acordo com as regras da EFL e do governo”, garantiu o Fulham.

Formado no Benfica, Ivan Cavaleiro, de 26 anos, está a cumprir a primeira temporada no clube londrino, depois de ter passado os últimos três anos no Wolverhampton.

Já depois do Fulham, foi a vez do Blackburn, também do Championship, revelar que tem um jogador infetado, o seu capitão, o jamaicano Elliott Bennett.

“Bennett acusou positivo, depois de ter feito um teste negativo na última sexta-feira. Ele está bem e não tem qualquer sintoma”, explicou o clube.

O regresso do futebol em Inglaterra está apontado para a segunda quinzena de junho.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Escócia, Bélgica e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho. A Liga alemã foi retomada em 16 de maio.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 355 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.