Virtualmente relegado para o escalão secundário do futebol inglês, o Portsmouth apurou-se para a final da Taça de Inglaterra, a disputar com o Chelsea, detentor do troféu, ao eliminar o Tottenham.

O clube, último classificado da Premier League e já sem hipóteses de permanência, apresenta uma dívida de 76 milhões de libras (cerca de 85 milhões de euros) e está desde fevereiro num processo de liquidação judicial.

O Portsmouth está a tentar junto da Associação Inglesa de Futebol (FA) que interceda junta da UEFA para que, apesar de ter falhado o prazo para a inscrição, possa inscrever-se na Liga Europa.

"Esta será uma luta muito difícil, mas vamos tentar", disse hoje o administrador do Portsmouth Andrew Andronikou, que vê uma janela de oportunidade na Liga Europa para o clube arrecadar receitas adicionais.

Os extremos da Premier League vão tocar-se a 15 de maio, em Wembley, quando o Chelsea de Hilário, Ricardo Carvalho, Paulo Ferreira e Deco defender o cetro frente ao Portsmouth de Ricardo Rocha.

O Portsmouth espreita a possibilidade de se apurar para a Liga Europa não só caso vença o Chelsea, em Wembley, mas também como finalista vencido, uma vez que os londrinos lideram a Premier League.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.